Ciência e Saúde

Um terço dos alunos de SP não fez atividades escolares na pandemia

by Ervalhense - segunda-feira, 2 de agosto de 2021 14:08


















Um terço dos alunos não fez atividades escolares na pandemia, diz prefeito de SP
LEANDRO FERREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO/02/08/2021 -






O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou que um terço dos alunos da rede municipal de ensino não fez nenhuma ou fez pouquíssimas atividades escolares durante o ensino remoto na pandemia de covid-19. O estudo foi feito pela Secretaria Municipal de Educação. Nesta segunda-feira (2), as aulas presenciais foram retomadas.

Preocupado com a evasão, ele citou que o problema vai além do prejuízo ao aprendizado. "Não é só a questão educacional, tem a nutricional, psicológica e de violência. Existem várias questões associadas às aulas", ressaltou o prefeito.

A rede municipal de ensino de São Paulo tem hoje 1 milhão e 70 mil alunos. Apenas as creches retomaram as atividades com capacidade ainda reduzida, 60% do total.  




Leia também




Secretário da Educação visitou escola na zona sul na volta às aulas




Covid-19: escolas reiniciam ensino presencial em nove estados




São Paulo tem primeiro dia útil com novas regras e fase de retomada







Evasão

Para reduzir a evasão escolar, o prefeito garantiu que as equipes de educação têm procurado os alunos, assim como também ocorre na saúde para quem não compareceu ao posto para tomar a segunda dose da vacina.

 "Desde abril temos feito as buscas ativas. As equipes estão fazendo contato com os alunos para evitar a evasão escolar, que é uma preocupação enorme. A cidade de São Paulo vinha crescendo no IDEB, mas aí ocorre a pandemia e existe essa preocupação", destacou Ricardo Nunes. 

Todos os professores retornaram ao trabalho nesta segunda-feira. Alguns que tem entre 18 e 46 anos ainda não conseguiram tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19. Mesmo assim, segundo o prefeito, "o retorno é necessário".




Veja também





Educação
Mortes por covid crescem 130% entre educadores, aponta estudo





São Paulo
Casos de covid-19 caem 99% em um ano em prisões de SP, diz governo





São Paulo
Cidade de SP vacina pessoas com 28 anos; veja calendário da semana







Na volta as aulas, de acordo com a prefeitura, os alunos receberam máscaras, os professores o kit com EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e há distanciamento de um metro entre as carteiras em sala.

"Nível de segurança aprovado pela Vigilância Sanitária. A população pode ficar tranquila que as ações estão sendo tomadas de forma coerente, baseada na Saúde", concluiu o prefeito. 





https://img.r7.com/images/volta-as-aulas-sp-02082021140815543