Turismo

Roma inaugura sua 1ª máquina automática para servir pizzas; assista

by Ervalhense - terça-feira, 20 de julho de 2021 13:07








Equipamento promete preparar e servir pizzas quentinhas em até 3 minutos, mas os italianos parecem torcer o nariz para a novidade. VÍDEO: Roma inaugura 1ª máquina automática para servir pizzas
A cidade de Roma, capital da Itália, recebeu sua primeira máquina automática para servir pizzas, mas a novidade não pareceu agradar muito os italianos (veja no vídeo acima).
Por cerca de 5 euros (aproximadamente R$ 30), o equipamento – que lembra uma máquina de refrigerantes, ou de salgadinhos – promete preparar e servir pizzas quentinhas em até 3 minutos.
As combinações são variadas, e ela monta todas sozinha, sem a ajuda de um humano. A tradicional Margherita, quatro queijos, picante ou com presunto – e ainda pode acompanhar uma bebida.
"É terrível", disse a aposentada Gina em entrevista à agência Reuters após provar o produto. "De verdade, a pizza tem que ser comida quente, saindo do forno. Pra mim, não serve."
LEIA TAMBÉM:
A mulher que deu a volta ao mundo andando
Itália retira a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre
Mulher compra pizza em máquina automática em Roma
Reuters
O italiano Claudio Zampiga arriscou. Ao receber sua pizza, na caixa, reclamou do tamanho.
"É muito pequena se comparada a um restaurante", afirmou Zampiga. "Bem pequena e com menos ingredientes por cima".
Mas a prova de fogo veio de Fabrizia Pugliese, que assim como a pizza, nasceu em Nápoles.
"Não quero fazer um pré-julgamento. Vamos tentar", disse a napolitana. "Então, está tudo bem. Mas não é uma pizza, é uma piadina [pão achatado].”
A máquina é uma invenção do italiano Massimo Bucolo, vendedor de equipamentos médicos que se arriscou no ramo alimentício.
Ele instalou a primeira pizzaria sem humanos de Roma em um bairro bastante movimentado a poucos minutos da principal universidade da capital.
“Não estou tentando competir com as pizzarias, estou propondo uma alternativa”, disse Bucolo em entrevista ao jornal americano "The New York Times".
Renzo Panattoni, dono de uma das pizzarias mais antigas da cidade – a Ai Marmi – não gostou: “não tem nada a ver com pizza tradicional”.
Ainda é cedo para dizer se a máquina será um sucesso em Roma, mas uma coisa é certa: ela vai precisar de muito fermento para arrancar uma fatia maior do mercado de pizza na cidade eterna.

https://s2.glbimg.com/hE7PZiYWmvePFChk-G05nNRTwlg=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2021/f/m/u9BnYITe6V0OU9AopfWw/2021-05-06t161724z-1-lwd0019wbkzmh-rtrwnev-e-4203-italy-pizza-1-.jpg