Economia

Confiança da construção recua em novembro após 6 meses de alta, diz FGV

by Ervalhense - quarta-feira, 25 de novembro de 2020 09:04








Queda da confiança dos setor em novembro foi influenciada exclusivamente pela piora das perspectivas dos empresários para os próximos três e seis meses. O Índice de Confiança da Construção (ICST), da Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 1,4 ponto em novembro, para 93,8 pontos.
“Após seis meses de alta contínua, a confiança dos empresários da construção recuou, refletindo uma piora das expectativas em relação à demanda e ao ambiente de negócios nos próximos meses", observou Ana Maria Castelo, coordenadora de Projetos da Construção da FGV, em comentário no relatório.
Oportunidades de emprego estão em alta na construção civil
A queda da confiança dos setor em novembro foi influenciada exclusivamente pela piora das perspectivas dos empresários para os próximos três e seis meses. O Índice de Expectativas (IE-CST) diminuiu 2,9 pontos, para 96,2 pontos, voltando a ficar abaixo do patamar de fevereiro, antes da pandemia, quando era de 99 pontos.
Já a avaliação do cenário atual manteve-se estável, mostrando uma acomodação dos negócios em novembro.
"Ainda assim, a percepção dominante é de que o setor chega ao final do ano em posição mais favorável do que estava no final de 2019”, apontou a coordenadora.
Assista as últimas notícias de economia

/Images/Noticias/padrao.jpg